A demanda de imóveis para as rendas média e alta – estimulada por redução de juros e pela maior oferta de crédito habitacional – continuou a dar o tom do desempenho operacional do setor de incorporação no terceiro trimestre.

Considerando-se apenas a parte própria das incorporadoras nos empreendimentos, as oito principais companhias do setor lançaram, em conjunto, R$ 4,852 bilhões, de julho a setembro, com alta de 28% na comparação anual. As vendas líquidas tiveram expansão 35,2%, para R$ 4,319 bilhões.

“O desempenho das incorporadoras de média e alta renda veio em linha com o que esperávamos. As vendas de lançamentos estão super fortes e as de estoque estão boas”, diz o analista de mercado imobiliário do Itaú BBA, Enrico Trotta. Outro analista setorial afirma que as perspectivas para as empresas do segmento são bastante positivas para o quarto trimestre.

Em relatório, o Credit Suisse ressaltou que os resultados de alguns dos lançamentos no setor foram uma “surpresa bem-vinda”, enquanto as vendas de estoque também foram positivas.

 

Fonte: https://valor.globo.com/impresso/noticia/2019/10/18/alta-renda-puxa-lancamentos-imobiliarios.ghtml

Comentários do Facebook